O Banco Mundial disse hoje que o crescimento da economia global pode registrar outra séria paralisação se ocorrer um calote não administrado na dívida soberana de qualquer um dos países da Europa que estão apresentando problemas com déficits ou se houver uma aceleração na crise de confiança do mercado. O banco afirmou na sua última previsão econômica que a economia global está mostrando sinais de uma firme recuperação e que a turbulência europeia até agora tem sido contida.

Embora o banco tenha previsto um crescimento entre 2,9% e 3,3% no Produto Interno Bruto (PIB) mundial no período 2010-2011, esses números podem ser afetados, com o encolhimento do comércio e a diminuição da disponibilidade de crédito, se os problemas europeus ficarem fora de controle. Autoridades do banco disseram que o risco de isso acontecer era pequeno, que a crise europeia era controlável e que as medidas adotadas até agora devem ser suficientes para controlar a situação. As informações são da Dow Jones.