As vendas à vista aumentaram 6,8% na primeira quinzena de maio em relação ao mesmo período de 2010, enquanto as vendas a prazo cresceram 5,34% na mesma base de comparação, informou hoje a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A maior movimentação ocorreu na primeira semana de maio, devido ao Dia das Mães.

Em nota, o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, afirmou que “os dados sugerem que nos próximos meses o ritmo de vendas deve se manter moderado, embora sem resultados negativos”.

Em relação à inadimplência, os registros recebidos aumentaram 5,5% na primeira quinzena de maio ante o mesmo período do ano passado. Já registros cancelados ou renegociações de dívidas cresceram menos, 1,1%, refletindo, segundo a ACSP, as medidas adotadas pelo governo para controlar o crédito.

Na avaliação da ACSP, os primeiros 15 dias de maio indicam “acomodação no ritmo de crescimento das vendas no varejo, enquanto espera-se uma ligeira alta da inadimplência em relação ao ano passado, mas que não implica em descontrole”.