enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Estações-tubo

Urbs retira rampas de ônibus e reforça sistema contra fura-catracas

  • Por Gazeta do Povo
Urbs retirou rampas de alguns ônibus para aproximá-los da plataforma de embarque e desembarque. Foto: Divulgação/Lucilia Guimarães/SMCS
Urbs retirou rampas de alguns ônibus para aproximá-los da plataforma de embarque e desembarque. Foto: Divulgação/Lucilia Guimarães/SMCS

A Urbs (empresa municipal que gerencia o transporte público em Curitiba) iniciou nesta segunda-feira (11) a testar mudanças no sistema para tentar barrar os fura-catracas nos ônibus. O novo ajuste elimina a rampa instalada na porta dos veículos e aproxima mais o sistema da plataforma de embarque e desembarque das estações-tubo.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Os testes estão sendo feitos em quatro estações da linha Centenário. São elas: Marechal Deodoro, Praça do Expedicionário, Jardim Botânico e Terminal Centenário. Nos primeiros dias, fiscais da Urbs acompanharão o uso do sistema. E dependendo do resultado dos testes, os biarticulados poderão ser contemplados com as atualizações.

Essa é a segunda alteração no sistema implementado em 9 de janeiro. Após ser facilmente burlado pelos fura-catracas três dias após o lançamento, a Urbs fez um reforço ao anteparo – uma espécie de gradil entre as portas do coletivo e a plataforma. –, instalando estruturas de borrachas nas grades para reduzir o espaço nas invasões.

+Leia também: Trânsito de Curitiba vai ganhar maior movimento a partir desta semana

O sistema que está sendo testado a partir desta segunda-feira também pode acelerar o embarque e o desembarque, já que não há a necessidade da descida e da subida da rampa. Além disso, o custo com manutenção dos ônibus pode ser reduzido. Isso porque as rampas estão entre os itens que mais exigem manutenção.

Prejuízo

A tentativa de conter os fura-catracas é uma demanda antiga da prefeitura de Curitiba. A estimativa do Sindicato das Empresas de Transporte de Curitiba (Setransp) é de as pessoas que não pagam passagem causam um prejuízo de R$ 6 milhões por ano, o equivalente ao valor de seis biarticulados novos.

+ Leia mais: Das dez UPS instaladas em Curitiba, apenas quatro ainda funcionam

Levantamento do Setransp em 2018 apontou que, em média, 3.995 passageiros pulam a catraca por dia nas estações e terminais. A campeã é a estação-tubo Passeio Público, no Centro. Nos sete dias de observação do sindicato, 1.462 pessoas invadiram a estação no sentido Santa Cândida e 378 no sentido Capão Rosa.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Obras podem causar falta de água em mais 50 bairros da Grande Curitiba nesta semana

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

20 Comentários em "Urbs retira rampas de ônibus e reforça sistema contra fura-catracas"


Alexandre Hermann
Alexandre Hermann
2 meses 11 dias atrás

Quem foi o mestre da engenharia, ou o mago da arquitetura que projetou as estações tudo?????

Quando foram lançadas, eu tinha 15 anos e já me perguntava:

Como vão fazer para evitar que entrem nos onibus sem pagar?

João SIlva
João SIlva
2 meses 11 dias atrás

O empenho e trabalho em analisar a estrutura atual da situação oferece uma interessante oportunidade para verificação do sistema de participação geral.

Carlos Alberto
Carlos Alberto
2 meses 12 dias atrás

Kkkkkkk cada comentário hilário dos engenheiros aqui de plantão…

Andende
Andende
2 meses 12 dias atrás

Verdade!

REINALDO  .
REINALDO .
2 meses 12 dias atrás

Que falta de criatividade esse pessoal da URBs, com isto não resolve o caso, é educação e fiscalizar, que resolve, que tristeza ver isto. Os órgãos publicos estão em decadência.

Nero Psicofezico
Nero Psicofezico
2 meses 12 dias atrás

GM = cabide de empregos.Sem utilidade alguma; apenas uma grande despesa para a Prefeitura.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas