Um Mustang “envelopado” como um táxi chamou a atenção de quem passava pela Rodoferroviária de Curitiba, durante a terça-feira (26). Diversas fotos e vídeos do carro chegando ao local foram postados nas redes sociais e em grupos de aplicativos de mensagem. Chegou a surgir a dúvida sobre qual seria a empresa a oferecer o carrão para os seus passageiros mas o possante era uma ação de marketing para divulgar o novo aplicativo da prefeitura de Curitiba exclusivo para taxis, que vai concorrer com aplicativos como Uber e 99, dando desconto de até 40% nas corridas.

Segundo um dos responsáveis pelo Taxi Mustang, o carro ganhou cara de taxi somente para atrair olhares para o lançamento do novo app. Nesta quarta-feira (27), a informação é de que o veículo já estaria sendo descaracterizado para ser vendido. Pelo menos no visual a campanha parece ter funcionado. Há postagens da descida do Mustang de cima de um caminhão guincho, em frente à Rodoferroviária, por todos os lugares da internet.

Já o Urbs Táxi Curitiba, chamado assim em referência à empresa municipal que gerencia o transporte público da capital, deve estar disponível nos próximos dias para download gratuito na Google Play Store e na Apple Store para plataformas Android e iOS, respectivamente. Quando for lançado, a promessa é que o app terá 3,8 mil táxis cadastrados. O desconto para os usuários pode ser de até 40% nas corridas.

O app também vai permitir corridas com preços fixos, calculados pelo próprio sistema. Além disso, os taxistas também poderão isentar os passageiros do valor da bandeirada, de R$ 5,40, para quem estiver a menos de 1 km de distância. E, pelo menos na promessa, os motoristas dos taxis deverão receber taxas percentuais mais elevadas pelas corridas, ou seja, deve entrar no bolso um valor um pouco maior pelo deslocamento de passageiros. Do valor da corrida, apenas 1,89% ficará com o aplicativo.

Polícia finaliza inquérito da morte de Rachel Genofre e assassino pode ir a júri popular