Um dos responsáveis pelo sequestro de Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, é um dos cinco mortos em um confronto com a Polícia Militar, em São José dos Pinhais, na região metropolitana. A ação ocorreu no sábado (9) e Ozélio de Oliveira estava foragido do sistema penitenciário desde 2018.

+Leia mais! Maju Coutinho apresenta Jornal Hoje com cenas de sexo ao fundo

 De acordo com a PM, os indivíduos estavam planejando o sequestro de um empresário e foram localizados em dois carros após um trabalho de inteligência policial. Houve perseguição e confronto. Os nomes dos outros quatros homens não foram divulgados.

Ozélio de Oliveira tinha sido condenado a mais de 108 anos de prisão por crimes como roubo, homicídio, além do sequestro de Wellington. Em setembro de 2018, Ozélio fugiu da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), juntamente com mais 28 presos. Na oportunidade, um muro foi explodido para ocorrer o resgate dos detentos.

Sequestro e crueldade

Wellington Camargo foi sequestrado no dia 16 de setembro de 1998 em sua casa em Goiânia por quatro homens armados. A liberdade ocorreu apenas após o pagamento de US$ 300 mil aos marginais por parte da família. Durante o sequestro, Wellington teve parte da orelha cortada e enviada para emissoras de televisão como forma de chamar atenção da mídia.

Ozélio de Oliveira estava foragido do sistema penitenciário desde 2018. Foto: Arquivo.