Depois de garantir a ida dos filhos à escola, quando já se preparava para ir trabalhar, Izaira Alves de Souza, 44 anos, foi morta a tiros, supostamente pelo namorado. Apenas a câmera de monitoramento da Guarda Municipal de Pinhais flagrou os disparos e a fuga do assassino.

Moradores da Rua Vanderlei Amaral Alves, na Vila Emiliano Perneta, em Pinhais, ouviram três tiros por volta das 8h20 de hoje, e encontraram Izaira agonizando na rua. Socorristas do Siate foram acionados, porém ela não resistiu e morreu baleada no pescoço e no peito.

O crime foi perto da ponte que faz limite entre Curitiba e Pinhais. A câmera que flagrou o homicídio fica na Rua Mandaguaçu, e as imagens foram encontradas depois que a Polícia Militar informou o horário e local do assassinato. Elas serão entregues para a equipe de investigação da Delegacia de Pinhais.

Izaira foi assassinada quase na porta de casa, saindo para o trabalho. Minutos antes, ela levou os três filhos mais novos para uma van, que os encaminhou à escola.

Outra filha, mais velha, informou para a polícia que acredita que o atirador é o namorado da mãe, e que a motivação é passional. Izaira era trabalhadora e benquista pela vizinhança.