O menino Vicente, com 2 anos de idade, diagnosticado com o novo coronavírus após passar por um transplante de medula óssea, morreu no último dia 6 de agosto, em Curitiba. Vicente estava internado no Hospital Pequeno Príncipe, e tinha se recuperado do covid-19 e do próprio transplante. A morte do menino provocou comoção nas redes sociais e um desabafo emocionante da mãe Tatiana Perazzolo, que agradeceu as orações e o apoio de muitas pessoas.

Vicente tinha uma síndrome genética rara, que causava inflamação intestinal e no dia 13 de abril, ganhou uma festa surpresa no hospital. Nos pós-cirúrgico, ele chegou a ficar infectado pelo novo coronavírus, mas logo superou a doença ao ficar em um quarto isolado no hospital ao lado da mãe.

+Leia mais! Mais 131 ruas de Curitiba terão novo asfalto. Veja a lista!

Nas redes sociais, Tatiana relatou a dor que a família está sentindo e agradeceu as orações para Vicente. Confira na íntegra:

“Estamos lidando ora com a negação, ora com o pensamento de que este último mês foi de muita dor e muito sofrimento, inaceitável para uma criança de 2 anos. Nos últimos 3 dias, ele apresentou intercorrências que certamente o deixariam com sequelas. Eu sentia que queria se livrar de todas aquelas máquinas, medicações e sofrimento. Mas ele também sabia que todos nós queríamos ele aqui, por isso foi aguentando. Quando eu entendi que não adiantava mais gritar pelo milagre, dei um beijo na testa, cheguei no ouvido dele e permiti a partida …pode ir filho, pode descansar, este mundo não é para você. E assim o coração parou de bater. Eu não li nenhuma mensagem do Instagram, nem do Facebook, não consegui. Mas quero agradecer todas as manifestações. Estou me sentindo tão amada, tão acolhida…rezem por nós! Obrigada”, diz parte do texto escrito por Tatiana Perazzolo no Facebook.