A jovem encontrada morta de pijama na manhã de segunda-feira, em Campo Largo, foi assassinada pelo companheiro. Edney Corcino Magalhães, 28 anos, foi localizado pela Polícia Civil circulando com seu carro no centro de Araucária.

Ele foi encaminhado à delegacia, onde confessou o crime, alegando legítima defesa. De acordo com o investigador Mauro Damasceno, da delegacia de Araucária, Edney conheceu Daniela Riba, 27, na boate onde a moça trabalhava.

“Eles começaram a se relacionar, mas ela descobriu que Edney era casado e começou a ameaçar a esposa dele”, contou o investigador. Edney saiu de casa e passou a morar com a amante.

Brigas

No entanto, a relação era tumultuada e piorou quando Edney descobriu que Daniela já havia tentado matar seu ex-marido, em Contenda, em 2007. A garota chegou a ser presa pelo crime.

No domingo, o casal teria discutido após usar cocaína. “Edney conta que a garota tentou esfaqueá-lo, e ele lhe deu uma “gravata’. Segurou a moça até que ela desmaiasse”, contou o policial.

Edney a colocou na cama e, quando se deu conta que Daniela estava morta, colocou-a no carro e a levou para a estrada da Ratada, onde desovou o corpo. Como estava fora do flagrante, Edney foi ouvido e liberado.