Um morador de rua foi encontrado morto com facadas na cabeça e nas costas na Rua Antônio José Bonato, vila Osternack, no Ganchinho, por volta das 7h30 de hoje (27). Perto do corpo ficou caída a lâmina da faca utilizada no crime, de pouco mais de cinco centímetros.

Uma pessoa que passava pelo local encontrou o corpo e acionou a Polícia Militar. A equipe pensou que os ferimentos fossem de tiro, mas com a chegada da equipe do Instituto de Criminalística foi constatado que o homem foi morto a facadas. Ele não portava documentos e aparentava ter 35 anos.

Ele vestia apenas uma calça de agasalho preta e meias brancas, tinha uma tatuagem no braço com o nome “Rogério” e uma tatuagem em cada perna. Segundo a vizinhança, ele era conhecido como “Rogerinho”. Como o local é ermo e não tem residências nas proximidades, ninguém viu os assassinos.

Este foi o primeiro homicídio no Osternack desde a implantação da Unidade Paraná Seguro no local, no início de agosto. No ano passado, dois homens foram assassinados nesta mesma rua.