Três rapazes foram mortos na noite desta terça-feira (07), na Avenida Doutor Eugênio Bertolli, em Santa Felicidade. O crime, pra lá de misterioso, aconteceu por volta das 20h. Dois morreram no local e o outro rapaz, de 28 anos, chegou a ser socorrido pelo Siate. Ele morreu na madrugada, no Hospital Evangélico.

No local os policiais não deram muitas informações sobre o que poderia ter acontecido. Sequer foi dito como foi a ação dos assassinos e em quantos estavam. “Poucas informações. Recebemos ligação no 190, dizendo sobre os disparos de arma de fogo. A ligação já dizia que possivelmente teria um homicídio. Quando chegamos, descobrimos que a coisa era ainda mais séria”, coronel Zanatta, do 12º Batalhão da Polícia Militar.

Segundo a PM, algumas testemunhas ouviram os tiros, que foram muitos, mas ninguém contou como foi a ação dos atiradores. Quando os policiais chegaram, os jovens estavam logo na entrada da casa.

No local, nenhum dos rapazes estava com documentos. Já no Instituto Médico-Legal um deles foi identificado como Ivan Cesar Gonçalves de Vasconcellos, de 25 anos. Segundo a polícia, todos tinham a mesma faixa-etária de idades.

 “Difícil dizer, em primeiro momento, quais são as hipóteses para o crime. Buscamos informações, mas o que conseguimos é muito superficial e depende das investigações da Polícia Civil”, explicou o coronel.

Na manhã desta quarta-feira, investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriram que, a princípio, o motivo dos assassinatos seria dívida relacionada ao tráfico de drogas.

“Acreditamos que eles trabalhavam para um determinado traficante e deviam algum valor para essa pessoa, por isso foram mortos”, explicou a delegada Ana Claudia Machado. Denúncias que possam ajudar nas investigações podem ser passadas pelo 0800-6431-121.