Curitiba confirmou nesta segunda-feira (21) que mais 329 de seus habitantes foram infectados com o novo coronavírus. Além deles, outras 13 pessoas morreram em decorrência de complicações causadas pela covid-19. Os novos dados aumentam para 41.369 a soma de casos confirmados e para 1.204 o total de óbitos, computados desde o dia 11 de março.

LEIA AINDA – Pandemia exige adaptações e impõe desafios aos curitibanos e serviços

Entre quem foi contaminado, 4.053 pacientes seguem na fase ativa da doença, período em que podem transmitir o novo vírus. Número que apresentou queda em comparação com o boletim do dia anterior, que era de 4.129 e com o índice da última sexta-feira (18), por exemplo, que mostrava 4.599 casos ativos. Ainda entre as pessoas que testaram positivo, 36.112 já superaram a covid-19 e estão recuperadas.

Vidas perdidas

Conforme o novo boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as novas vítimas fatais da doença são oito homens e cinco mulheres, com idades entre 30 e 96 anos. Dos novos óbitos, 11 aconteceram nas últimas 48 horas e os outros dois, nos dias 16 e 19 de setembro.

LEIA MAIS – Busca de ajuda pra parar de beber dispara no AA de Curitiba com sessões on-line na pandemia

Ainda segundo o informe municipal desta segunda-feira, 678 pessoas com sintomas suspeitos da doença também são monitoradas por médicos e equipes da Secretaria Municipal de Saúde.

Leitos de UTI

No Sistema Único de Saúde (SUS), a taxa de ocupação é de 81% nos 334 leitos de UTIs exclusivos para covid-19, nesta segunda-feira, de acordo com informações da prefeitura de Curitiba. Na cidade, ainda segundo a administração municipal, 63 leitos do SUS estão livres nos hospitais, disponíveis para receber pacientes com coronavírus ou com quadros de síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Coronavírus Curitiba