Depois do estrago provocado pelo ciclone bomba que passou pela região Sul na última terça-feira (30), agora o momento vai ser de curtir o céu. Na madrugada deste domingo (5), acontece o eclipse lunar penumbral. O fenômeno é o penúltimo que vai ocorrer em 2020 e será visível para os curitibanos. O eclipse teve duração das 0h07 e desaparecerá às 2h52.

>>> Fez uma imagem bonita? Mande pra caçadores@tribunadoparana.com.br

O eclipse lunar penumbral ocorre quando a Lua atravessa a região menos escura da sombra que a Terra projeta no espaço. Os curitibanos poderão acompanhar a fenômeno, pois vai ser perceptível facilmente. O resultado será uma pequena diminuição no brilho. Anísio Lasievicz, diretor do Parque da Ciência, acredita que a luminosidade será menor e aconselha as pessoas interessadas a acompanhar o fenômeno com antecedência até para ter uma boa noção do fato.

+ Leia mais: Prédio desaba na região de Curitiba e deixa cinco feridos

“Não vai ser uma diminuição tão acentuada, mas as pessoas irão perceber um menor brilho, especialmente se acompanhar ali próximo da meia noite e ficar até o ápice que vai ali por 1h30 da manhã”, comentou Anísio.  

Este será o terceiro de quatro eclipses lunares do ano. O próximo vai ser no dia 30 de novembro.

Lua do Feno ou de Trovão

A Lua no mês de julho tem dois nomes. É chamada de Feno ou de Trovão. Isto ocorre, pois é realizada a colheita do feno nesta época do ano e também por causa das tempestades que ocorrem no verão do hemisfério norte. Confira abaixo, os nomes curiosos que recebe a Lua.

Lua do Lobo (janeiro) – ganhou esse nome dos índios americanos por causa dos uivos dos lobos.

Lua da Neve (fevereiro) – o nome é por causa das nevascas nesta época do ano no hemisfério norte.

Lua das Minhocas (março) – é o início do fim do inverno no hemisfério norte, quando minhocas surgem no solo.

Lua do Ovo (Abril) – o nome está relacionado ao período da desova dos peixes no Hemisfério Norte.

Lua das Flores (maio) – o nome está relacionado à primavera no hemisfério norte, a estação das flores.

Lua do Morango (junho) – neste período é a colheita de morangos nos Estados Unidos.

Lua do Feno (julho) – neste período é a colheita do feno que alimenta os animais no hemisfério norte.

Lua do Peixe (agosto) – neste período começa a pesca do esturjão nos lagos dos Estados Unidos.

Lua da Fruta (setembro) – neste período começa a colheita das frutas no hemisfério norte.

Lua do Caçador (outubro) – nesta época do ano caçadores iam para as florestas garantir carnes para o inverno.

Lua do Castor (novembro) – os castores começam a concluir suas tocas nos rios para sobreviverem ao inverno.

Lua Fria (dezembro) – marca a chegada de fato do frio no inverno, com noites mais longas.