Uma caminhada reuniu milhares de pessoas no Parque Barigui, na manhã deste sábado (1º). A atividade deu início à programação do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado em 3 de dezembro. Entre as autoridades presentes estavam o prefeito em exercício, João Luiz Cordeiro, e o vice-governador Flávio Arns.

“A Prefeitura de Curitiba tem demonstrado em suas ações uma grande preocupação com a inclusão social das pessoas com deficiência”, afirmou Cordeiro. “Temos aqui hoje uma bela festa, aberta com a 7ª edição desta caminhada, com grande receptividade da população”, comentou.

Até às 17 horas será realizada a  4ª Feira do Emprego e da Capacitação Profissional, organizada pela Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego, para pessoas com deficiência com a oferta de mais de 900 vagas de trabalho.

O auxiliar de produção Gladeston Wilker, desempregado há dois meses, foi um dos primeiros a chegar à feira. Ele tem deficiência mental leve e foi até o Parque Barigui na esperança de conseguir uma vaga no mercado de trabalho. “Moro em Piraquara e saí de casa às 6 da manhã”, contou. “Estou confiante de que vou conseguir um emprego aqui”.

As principais vagas oferecidas na feira de emprego são de operadores de telemarketing, operador de caixa, auxiliar de produção e administrativo, repositores. Além disso, os participantes poderão fazer na feira o encaminhamento para a confecção da carteira de trabalho e elaborar currículos.

O secretário municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Irajá de Brito Vaz, explicou que o evento reflete o posicionamento da atual gestão municipal em relação às políticas voltadas para as pessoas com deficiência. “Curitiba é um exemplo”, resumiu. Ele citou ações municipais nas áreas de transporte, educação e cultura.

“A secretaria foi criada há 2,5 anos e já podemos dividir a história da cidade em antes e depois, na questão de acessibilidade”, disse. Ele enfatizou que hoje, todos os projetos realizados pelo IPPUC passam pela avaliação da Câmara Técnica de Acessibilidade.

O público

A dona de casa Regina da Silva de Jesus, mãe da garota Estefanie, de 10 anos, que tem deficiência motora, percebe os avanços da cidade na prática. “As coisas tem melhorado nos últimos anos”, confirmou.

Embora seja otimista, ela disse que ainda espera que haja mais respeito da própria população em relação aos deficientes. “Eventos como este são uma ótima iniciativa e ajudam muito na conscientização das pessoas em relação a isso”, afirmou. Ela e a filha foram ao evento na companhia do tio, Osvaldo de Jesus, deficiente visual.

Durante todo o dia, haverá várias atividades recreativas organizadas pela Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com a participação de escolas e outras instituições. Entre os artistas que farão shows estão o Falcão Cover e a dupla Iago e Santiago.Um público de 6 mil pessoas é aguardado.

O evento é realizado em parceria da secretaria com a Fundação de Ação Social, Fundação Cultural de Curitiba e IPCC. O secretário municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Irajá de Brito Vaz, e o vereador Felipe Braga Cortes também participaram da caminhada.

A caminhada comemorativa ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência foi instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas), em 1998. Ela acontece simultaneamente em várias cidades do mundo.