Um dos aplicativos que vendem créditos eletrônicos de estacionamento rotativo em Curitiba, o EstaR, vai doar todo o lucro com as negociações entre 6 de abril e 10 de maio para o Hospital Santa Casa e o Asilo São Vicente de Paula. De acordo com a Meu EstaR, o dinheiro deve ser usado para compras de insumos e equipamentos de seguranças nessas instituições.

Vale lembrar que você também pode ajudar os hospitais de Curitiba durante a pandemia. Doações podem ser feitas diretamente nas contas bancárias dos hospitais.

Curitiba está em transição do pagamento de permanência das vagas do bloquinho para o EstaR Eletrônico, via aplicativos. Por enquanto, os dois modelos são aceitos. Mas a partir do dia 10 de maio somente os créditos digitais serão aceitos. Por isso, é importante saber como baixar e utilizar os novos aplicativos do EstaR.

LEIA MAIS – Após um mês na UTI com coronavírus e muitas incertezas, taxista de Curitiba vai ter alta

“Não podemos nos isentar neste importante momento pelo qual todos estamos passando. Somos uma empresa de Curitiba que criou uma solução para a cidade e também queremos ajudar neste momento difícil”, diz André Pepino, diretor da IoMob, empresa de tecnologia responsável pelo Meu EstaR.

VEJA TAMBÉM – Pequeno Príncipe participa de pesquisa internacional pra reduzir mortes por coronavírus

“Mesmo quem não vai sair de casa neste período pode baixar o app, comprar os créditos, participar da campanha e utilizar isso quando tudo voltar ao normal”, indica Pepinho sobre o período de isolamento social aconselhado pelas autoridades de saúde.

O Meu EstaR, assim como outros aplicativos de vendas de crédito do estacionamento rotativo, está disponível nas lojas de aplicativos e aceita pagamento por cartão de crédito e boleto.