Depois de votar no Colégio Leonardo Da Vinci, o candidato do PDT à Presidência da República, senador Cristovam Buarque, afirmou ter esperanças de um segundo turno nas eleições presidenciais. "O Brasil precisa de um segundo turno", afirmou o candidato que votou usando uma camiseta preta com uma bandeira brasileira na frente e a expressão "Educação e progresso".

Cristovam evitou comentar qual o candidato apoiaria em um eventual um segundo turno. Segundo ele, a decisão caberá ao partido. "Terá que ser um candidato com compromisso de democracia, educação e direitos trabalhistas", disse. Christovam chegou ao local de votação às 10h40 e foi cumprimentado por eleitores. Ele ganhou de presente três rosas vermelhas.

Depois de votar, o candidato percorreu algumas sessões eleitorais. Ele acompanhará a apuração na sede do PDT.