A CPI dos Bingos está ouvindo neste momento, em sessão fechada, o depoimento do chefe de Gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho.

A decisão foi tomada após uma consulta ao próprio Carvalho, que pediu para ser ouvido em sessão fechada em função do requerimento de sua convocação já ter previsto esta condição. Alguns senadores, entre eles Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) e Tião Viana (PT-AC), ainda tentaram convencer Carvalho a concordar que a sessão fosse aberta, mas ele não aceitou a solicitação.

Antes de a sessão ser fechada, Gilberto Carvalho afirmou aos parlamentares que não tem nenhum medo da verdade. "Não temo e nunca temi a verdade", disse. Ele lembrou os parlamentares que não estava depondo como cidadão, e sim como chefe de Gabinete da Presidência da República.