O pefelista Claudio Lembo acaba de tomar posse como governador do Estado de São Paulo, para concluir o restante do mandato do tucano Geraldo Alckmin, que deixou o posto para concorrer à Presidência da República. Lembo, que ficará no cargo até o final de dezembro, fez há pouco o juramento constitucional referente ao cargo, em cerimônia na Assembléia Legislativa de São Paulo.

Na ocasião, ele recebeu o apoio de diversos parlamentares e políticos. Entre eles, nomes importantes do PFL, como o presidente da legenda, senador Jorge Bornhausen (SC), o vice-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e os senadores Romeu Tuma (SP) e Marco Maciel (PE). Também está presente ao evento, entre outros, o presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PCdoB-SP).