Foto: Wilson Dias/ABr
Os candidatos à Presidência da Câmara Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e Arlindo Chinaglia (PT-SP) durante eleição da Mesa Diretora.

Brasília – O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) é o novo presidente da Câmara. Ele foi eleito na noite desta quinta-feira (1º) para o biênio 2007/2008, ao vencer Aldo Rebelo (PCdoB-SP) no segundo turno por 18 votos de vantagem: 261 a 243. Seis deputados votaram em branco.

Pela primeira vez, a votação para a Mesa Diretora da Câmara foi eletrônica. Antes, ela era realizada em cédulas de papel, o que dificultava a votação e a apuração dos votos. O processo, que já chegou a durar 14 horas em outras ocasiões, desta vez foi concluído em pouco mais de quatro.

A apuração dos votos foi rápida, durava apenas alguns segundos. Entre o primeiro e o segundo turno, não deu tempo sequer para os dois candidatos mais votados, Chinaglia e Aldo, costurarem acordos no sentido de garantir votos. A apuração dos demais cargos da Mesa (vice-presidências, secretarias e suplências) ainda não ocorreu. Deve ser realizada dentro de alguns instantes, pois será comandada pelo novo presidente.

No primeiro turno, Arlindo Chinaglia saiu na frente dos outros dois candidatos, com 236 votos. Aldo Rebelo ficou em segundo, com 175. O candidato Gustavo Fruet (PSDB-PR) teve 98 votos e foi eliminado.