Brasília – O deputado do PT Arlindo Chinaliga (SP) foi o terceiro candidato à presidência da Câmara dos Deputados a discursar no plenário da Casa.

Ele começou o discurso pedindo votos e assumiu o compromisso de ouvir a todos, independentemente de ser parlamentar da base ou da oposição. "O Parlamento é maior do que qualquer um de nós ou de nossos partidos".

Chinaglia prometeu fazer da Câmara dos Deputados um Parlamento soberano e respeitado. "O Legislativo é o poder mais democrático e, por isso, temos de ter mais responsabilidades. Não posso aceitar um Parlamento acuado. Não temos o compromisso com o erro, por isso, aceitaremos críticas, mas não vamos assistir pacificamente ao ataque injusto a esta Casa".

O deputado também afirmou que a crise no Legislativo brasileiro é página virada e que os deputados que tomaram posse nesta quinta-feira (1º) devem pensar em futuros projetos para o país.

"Queremos estar à altura da tarefa que o Brasil espera de todos nós. Meu compromisso é com o Brasil, com a Casa, com a justiça e com a verdade. Vamos trabalhar".