Duas mil casas foram atingidas pela chuva de granizo que assolou hoje o município de Cafelândia, oeste do Paraná. A cidade está sem energia elétrica e abastecimento de água. Sete equipes da Copel e equipes da Sanepar estão trabalhando para restabelecer o sistema.

O saldo, até o momento, é de 37 pessoas feridas. Nenhuma delas em estado grave, apenas escoriações e cortes. O hospital da cidade encontra dificuldades pois está sem água e luz. Os materiais de curativo e medicamentos do hospital ficaram molhados e ações no sentido de prover sua reposição estão sendo tomadas. Um abrigo foi providenciado para os desabrigados.

Quinze bombeiros e um ônibus da Defesa Civil estão no município tentando mensurar os estragos. Após esse levantamento, serão estabelecidas as necessidades para solicitar os donativos à população. Há hipótese provável de decretação de estado de calamidade nas próximas horas.

Nos sete distritos atingidos na região de Toledo, o panorama também é de destruição. Foi decretado Estado de Emergência no município. Mais levantamentos estão sendo realizados na região de Mal Cândido Rondon (área rural), Corbélia, distritos de Ouro Verde do Piquiri, JS e Palmitópolis.