Rio de Janeiro (AE) – O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, vai emprestar R$ 2 milhões ao Flamengo para que o clube possa pagar sua dívida fiscal com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e, com isso, passar a receber as cotas de patrocínio da Petrobrás.

O acordo foi celebrado na noite desta quinta-feira com o presidente rubro-negro Márcio Braga, que tem a receber da empresa estatal cerca de R$ 5 milhões.

O empréstimo da CBF ao Flamengo será oficializado na segunda-feira, mas nesta quinta o clube já recebeu R$ 576.712,68 da entidade, referente ao pagamento de cotas da Copa do Brasil. Sobre os R$ 2 milhões, Braga afirmou que assim que receber o dinheiro da empresa estatal saldará a dívida com Teixeira.