O vice-presidente técnico da TAM, Ruy Amparo afirmou que cada setor da companhia fez uma "investigação profunda" após o acidente com o Airbus 320, há uma semana, e que na área a que responde não foi encontrado problema algum em relação à manutenção da aeronave.

Amparo acompanhou deputados da CPI da Crise Aérea, que encerraram a visita ao Centro Tecnológico da TAM em São Carlos, a 300 quilômetros da capital. O executivo reafirmou aos jornalistas a certeza de que o Airbus tinha condições técnicas de vôo e de pouso no aeroporto de Congonhas.

"Temos absoluta confiança que o produto da Airbus é excelente, a ponto de não ter gerado problema algum de projeto", afirmou o executivo da TAM. "Tenho certeza que o vôo é seguro, porque na hora que o fabricante homologa o avião, há várias autoridades envolvidas no processo", concluiu.