Em reunião que terminou nesta tarde entre o presidente do Senado Garibaldi Alves (PMDB-RN), e os líderes governistas e de oposição, ficou decidido que na sessão plenária desta terça-feira (12) serão votados três projetos. Entre eles, o de autoria do senador Delcidio Amaral (PT-MS) que afasta o senador que está sendo investigado pelo Conselho de Ética da mesa diretora da Casa.

Na reunião, os partidos de oposição reivindicaram a presidência ou a relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões Corporativos. "Os desentendimentos sobre CPI não vão parar o Senado. Isso garanto a vocês", afirmou Garibaldi Alves. Segundo ele, apenas um acordo político é que poderá dar à oposição a presidência ou relatoria da CPI. "Não tenho como interferir", acrescentou. Garibaldi disse que pretende colocar em pauta, na semana que vem, os vetos presidenciais.