Um homem, de 45 anos, foi preso na manhã de hoje acusado de ser o mandante de um estupro, ocorrido em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, na última sexta-feira,como forma de pagamento de dívida de tráfico.

Segundo a Polícia Civil, a vítima, de 21 anos, foi capturada por dois rapazes a serviço do preso no momento em que saía de um culto evangélico. Ela seria o pagamento de uma dívida de quase R$ 700,00 de seu irmão, que devia na boca de fumo.Um homem de 19 anos, conhecido como Jundiá, é o suspeito de ter executado o estupro. De acordo com a polícia, ele seria ainda autor de seis homicídios, cometidos quando era menor de idade.

Agentes da 3ª Delegacia de Polícia de Novo Hamburgo e da 3ª Delegacia de Polícia Regional (DPRM), em conjunto com a Brigada Militar da região,realizaram uma operação para prender os traficantes que sequestraram e estupraram a jovem.

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva. Na ação foram apreendidas ainda 13 petecas de cocaína, uma peteca de crack, celulares, munição e aproximadamente R$ 600. Participaram da ação cerca de 20 policiais civis e 25 agentes da BM, em 12 viaturas. Um outro suspeito continua foragido.