O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou no programa de rádio, Café com o Presidente, que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na área de saúde prevê que os alunos das escolas públicas sejam examinados duas vezes ao ano por um médico. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou que o PAC da Saúde vai levar medicina preventiva às escolas.

De acordo com Lula, o PAC da Saúde prevê medidas para melhorar a gestão dos recursos da área. Segundo o ministro da Saúde, o programa ainda está em fase de elaboração pelo Ministério da Saúde, e seu outro objetivo é o de ampliar programas já existentes, como Saúde da Família, Farmácia Popular e Brasil Sorridente.

Temporão explicou que, com os exames anuais, o governo espera descobrir problemas, como de visão, que estejam prejudicando os estudantes nas salas de aula. "Vai levar para as 27 milhões de crianças nas escolas o Saúde da Família, de maneira que a escola a família, o aluno e os profissionais de saúde, juntos, tratem da questão da saúde.

A idéia é que cada criança, dos 27 milhões de alunos, seja examinada duas vezes ao ano por um médico para detectar problemas de audição, de visão, de desnutrição. "Tudo que pode comprometer o aprendizado vai ser enfrentado e garantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS)", acrescentou o ministro.

O presidente Lula afirmou que é preciso cuidar das crianças na escola. "Saber se uma criança está com problema de falta de vitamina A, que lhe causa problema de visão, a gente tem que cuidar porque, muitas vezes, as crianças não aprendem porque não estão enxergando direito. Ou tratar dos dentes das crianças, ou seja, essas são coisas que nós queremos aperfeiçoar, levar às escolas públicas, para que o cidadão brasileiro se sinta plenamente atendido pelo Estado", disse.De acordo com Lula, o PAC da Saúde prevê ainda medidas para melhorar a gestão dos recursos da área.