Você tem tido problemas com a bateria do seu iPhone? O Idec, ONG de Defesa do Consumidor, quer saber. O órgão começou, nesta quarta-feira (13) a coleta de relatos de consumidores que registraram problemas de queda de performance da bateria de iPhones, os aparelhos da Apple. A medida ocorre depois da demanda de reclamações sobre o caso ainda permanecer alta em todo o mundo e uma nova ação contra a empresa ter sido movida no Chile.

Na última semana, mais de 130 mil chilenos se reuniram em uma ação coletiva contra a Apple, denunciando a empresa por prática de obsolescência programada, que é a ação deliberada de produzir um ou vários produtos que, artificialmente, tenham, de alguma forma, sua durabilidade reduzida do que originalmente se espera.

+Leia também: Câmeras de concessionária registraram queda de helicótero de Boechat

“A própria empresa já admitiu o problema, mas as reclamações sobre os iPhones aqui no Brasil continuam recorrentes. Com a divulgação da iniciativa no Chile, houve um aumento significativo de pessoas reivindicando uma ação semelhante aqui no Brasil, o que corrobora a percepção que ainda há muitos consumidores se sentindo lesados”, explicou o líder do programa de Telecomunicações e Direitos Digitais do Idec, Diogo Moyses.

Problema provocado

De acordo com a Organização de Consumidores e Usuários do Chile, trata-se de um número recorde para ações do tipo no país. A entidade acusa a empresa de, deliberadamente, fazer com que as baterias dos iPhones percam a eficiência após alguns anos de uso, forçando os usuários a trocarem o aparelho por modelos mais recentes. A ação solicita que a empresa repare todos os telefones afetados ou recompre os aparelhos dos clientes no valor de mercado atual.

Após contato com a organização chilena, o Idec decidiu recolher relatos de consumidores sobre os problemas com iPhones também no Brasil. “Estamos dando esse primeiro passo e recolhendo relatos de consumidores, para estudar melhor o caso e discutir ações que podem ser encaminhadas por aqui”, detalhou Diogo. Se você teve problema com seu celular, preencha o formulário neste link.

Investigações

Nos EUA e na França, a Apple também está sendo investigada por ato de omissão de informação sobre desempenho e durabilidade de seus produtos. Em ações coletivas movidas por usuários de Chicago, a empresa é acusada de forçar consumidores a comprar novos iPhones, em ação “imoral e anti-ética”.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Curte carros antigos? Curitiba recebe evento com 140 máquinas selecionadas