Os fiscais federais agropecuários iniciaram nesta terça-feira (24) uma paralisação por cinco dias na tentativa de conseguir do governo reajuste de 45% para a categoria. A proposta atual do governo é muito inferior ao pedido: reposição de 4% entre 2007 e 2009.

Até o início da tarde desta terça-feira, de acordo com o presidente da Associação Nacional dos Fiscais Federais (Anffa), Luiz Fernando Santos Carvalho, representantes da categoria não tinham sido chamados pelo Ministério do Planejamento para retomar as negociações.

Para o presidente da associação no Rio Grande do Sul, José Luiz Castilhos, o governo está tratando o assunto com descaso. "Se estivessem preocupados (governo federal) tentariam chegar a uma proposta decente. O que ocorreu não foi negociação. Esperamos que esse problema se resolva, ninguém quer fazer greve", afirmou.