Em protesto contra a Copa do Mundo, o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) bloqueou na noite desta quinta-feira, 22, todas as pistas da Marginal do Pinheiros, no sentido zona sul. Cerca de 5 mil manifestantes, segundo a Polícia Militar, participaram do ato iniciado às 18 horas no Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste da capital. Não houve confronto e, às 20h30, o grupo encerrou a passeata na Ponte Estaiada Octavio Frias de Oliveira.

De acordo com organizadores do protesto, 20 mil sem-teto foram à marcha. “A polícia tem de voltar para a aula de matemática. Será que tem só 5 mil aqui?”, questionou Guilherme Boulos, líder do MTST. Além de criticar a realização do Mundial no Brasil, o grupo tinha reivindicações nas áreas de moradia, educação, transporte e saúde.