Uma adolescente de 17 anos foi morta a facadas na última terça-feira na frente de sua escola, em Barcarena (120 km de Belém). Segundo a PM, a responsável pelo crime é uma tia de outra estudante do colégio.

Jakeline Oliveira, 17, recebeu facadas na barriga e na costela, de acordo com a Polícia Militar, e morreu após dar entrada no hospital.

O motivo da briga, segundo a PM, é que Jakeline e uma amiga estavam fazendo ameaças a uma terceira adolescente, todas estudantes do mesmo colégio. A polícia ainda não tem detalhes sobre essas ameaças.

A adolescente ameaçada, então, relatou o caso à mãe e à tia, Elisama Pedreira e Kely Pedreira, que foram até a escola onde as garotas estudam para reclamar com as adolescentes que faziam as ameaças. A tia estava armada com uma faca.

As duas adultas discutiram com as duas adolescentes na porta do colégio e iniciaram uma briga, que acabou com a adolescente esfaqueada por Kely.

A PM prendeu em flagrante as duas mulheres. A Polícia Civil está investigando o crime e deve indiciá-las sob a suspeita de homicídio qualificado por motivo fútil.

Em depoimento à Polícia Civil, as duas mulheres disseram que foram atacadas primeiro e que as facadas foram para se defender. A reportagem não conseguiu contato com as suspeitas nem com seus eventuais defensores.