enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Acordo com o PMDB é desafio para governo Lula

  • Por Agência Estado

Brasília – Estão complicadas as negociações entre o governo de Luiz Inácio Lula da Silva e o PMDB. “No curto prazo, a participação do PMDB no ministério está descartada”, afirmou ontem o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu. O ministro destacou, porém, que o presidente Lula quer o PMDB na equipe. “O futuro a Deus pertence”, comentou Dirceu, ao ser questionado sobre a entrada do PMDB na base de sustentação do governo. “Já fomos informados de que os peemedebistas apoiarão as reformas de qualquer forma.”

Dirceu almoçou ontem, no Palácio do Planalto, com o ex-governador de Minas Itamar Franco (ex-PMDB e hoje sem partido), indicado para ser embaixador em Roma. Contou a ele que, em mais um sinal de que deseja a aliança, o governo convidou o presidente de honra do PMDB, Paes de Andrade, para assumir a embaixada do Brasil em Lisboa.

Na prática, porém, o PMDB de Michel Temer não se sente contemplado com a indicação. Motivo: Paes é da chamada “ala rebelde” e apóia Lula desde a campanha de 1998. “Meu objetivo é fortalecer a negociação para pôr o PMDB no caminho da governabilidade, apressando essa integração no governo petista”, disse Paes.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas