São Paulo – Uma equipe do Corpo de Bombeiros está averiguando a possibilidade de encontrar o corpo da sétima vítima do acidente, ocorrido no dia 12 nas obras do Metrô em Pinheiros, zona Oeste da cidade. No início da tarde, cães farejadores apontaram indícios de que pode haver uma pessoa morta perto do local onde foi resgatado um microônibus.

Segundo o capitão Mauro Lopes, que representa a corporação, pela manhã a orientação era a de observar o trabalho dos operários do Consórcio Via Amarela, que reúne as empreiteiras responsáveis pelas obras.

Em nenhum momento, no entanto, foi abandonada a procura: ?Apenas tivemos o cuidado de antes esperar que se remova a lama, terra e entulho, o que poderia confundir os cães com o odor causado pelo estado de decomposição das vítimas já retiradas do local?.

A sétima vítima pode ser Cícero Augustino da Silva, de 58 anos. No dia do acidente, a família informou à polícia o desaparecimento dele, que trabalha como contínuo.