A meta de inclusão social do Programa Bolsa-Família, do governo federal, chegará a 901 mil famílias de baixa renda das regiões metropolitanas até julho deste ano. O Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, através de sua assessoria de comunicação, garante que esse número corresponde a 50% da população-alvo do programa nas grandes cidades. O Bolsa-Família se destina às famílias com renda per capita de até R$ 100 por mês.