O projeto de lei da Biossegurança não deve ser incluído na pauta de votações de hoje da Câmara, informou o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), relator da proposta. O comunicado foi feito ontem à noite pelo presidente da Câmara, João Paulo Cunha, aos líderes partidários. João Paulo, conforme Perondi, disse que o projeto ficará de fora da pauta atendendo a pedido da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

A ministra é contra o texto aprovado pelo Senado, que dá poderes à Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) para liberar a produção e comercialização de produtos transgênicos, podendo dispensar estudos de impacto ambiental. Marina Silva também não concorda com a autorização para pesquisa com células-tronco de embriões humanos, prevista no projeto.