Na esteira da atualização da ER-6n, sua irmã naked (sem carenagem), a Kawasaki Ninja 650, também ganhou melhorias em seu modelo 2013, lançado agora no Brasil. Os engenheiros da marca atualizaram o visual dessa sport touring, fizeram alterações em seu motor bicilíndrico e ainda trouxeram novidades para seu conjunto ciclístico – além de retirar a letra “R” da sua nomenclatura.

Com um atraso de oito meses em relação ao seu lançamento no mercado europeu, a Kawasaki do Brasil traz a nova Ninja 650 em duas versões e opções de cores: a tradicional roupagem verde e uma versão completamente preta. A mais cara, cotada a R$ 29.990, traz freios ABS, e a standard, sem o sistema antitravamento, vai custar R$ 27.990.

A Ninja 650 ganhou linhas mais angulosas em seu novo modelo seguindo assim a identidade visual de modelo como a ZX-10R. Em vez de uma carenagem e faróis arredondados, a Kawa usou linhas retas na carenagem frontal, que ficou claramente mais “embicada” e curta. A lanterna traseira também mudou. O paralama dianteiro foi alterado. Até os piscas, que permaneceram fixados à carenagem, foram redesenhados.

Já a bolha (parabrisa) ganhou novas formas e o útil sistema de regulagem de altura que já existia na Ninja 1000. O assento ganhou um desenho novo e a quantidade de espuma foi aumentada.

O painel é completamente novo também. A Kawasaki adotou um conta-giros de leitura analógica que domina a parte superior e uma tela de cristal líquido abaixo, que traz velocímetro digital, marcador de combustível, hodômetros e relógio, além de informações de um computador de bordo.

O motor permanece o mesmo: dois cilindros paralelos, duplo comando no cabeçote, oito válvulas e refrigeração líquida. A potência máxima de 72,1 cv chega agora a 8.000 giros, e o torque máximo está ligeiramente menor de 6,7 kgfm para 6,5 kgfm nas mesmas 7.000 rpm. O quadro também é novo. Mais fino, manteve sua estrutura tubular, mas tem dois tubos.

O sistema antitravamento é mais moderno, mas as especificações permanecem inalteradas: dois discos de 300 mm em forma de pétala com pinça de dois pistões, na dianteira; e um disco de 220 mm e pinça de pistão simples, na traseira. As rodas continuam de 17 polegadas feitas em liga-leve na dianteira e na traseira. Os pneus são Dunlop, nas medidas 120/70-ZR17, na frente, e 160/60-ZR17, atrás.