A L200 Sport agrega características
de utilitário esportivo.

A Mitsubishi Motors lançou no início da semana, o terceiro veículo da marca produzido em Catalão (GO). Trata-se da picape L200 Sport. Os destaques do estilo da L200 Sport estão nos retoques visuais, com linhas mais arredondadas nos cantos, capô (com saída do “intercooler”) e no teto, detalhes que deixaram a picape mais robusta.

O conjunto ótico também foi reestilizado. Na frente, os faróis e piscas ganharam molduras redondas. Na traseira, as lanternas praticamente “encolheram”, ou melhor, perderam o formato alongado e ganharam duas pequenas lentes redondas. No interior da cabina, o painel apresenta o mesmo nível de acabamento da versão antiga. Ganhou apenas um porta-copos escamoteável. Os ajustes do volante e dos bancos dianteiros são manuais, sendo que a direção só tem regulagem de altura. Os bancos são forrados com tecido aveludado. E a carroceria recebeu isolamento térmico e acústico equivalente ao que a montadora usa nos seus utilitários esportivos. A mudança valeu a pena, pois contribuiu para o conforto e o baixo nível de ruído no interior da cabina.

A picape L200 Sport será fabricada com versão única de acabamento, porém com duas opções de motorização: GLS, com motor de 121 cv de potência e câmbio manual de cinco marchas e HPE, com motor de 141 cv e opção de câmbio automático de quatro marchas, que também faz parte das inovações que integram a linha 2004.

Mercado

A partir de setembro, a Mitsubishi Motors anuncia que vai concentrar mais investimentos de produção na L200 Sport. Deverão ser produzidas 550 unidades da nova versão contra 350 das versões tradicionais. O preço inicial sugerido da L 200 Sport é de R$ 7.400,00 seguida da Sport HPE, que terá preço a partir de R$ 76.900,00 e Sport HPE (automática), que terá preço inicial de R$ 81.930,00. A L200 Savana, dirigida ao público aventureiro (outra novidade da linha 2004), terá preço a partir de R$ 66.900,00. Já as versões de entrada, GL e GLS deverão custar, respectivamente, R$ 62.400,00 e 64.900,00.

Segundo Eduardo Souza Ramos, presidente da montadora japonesa no País, o veículo não é apenas de mais uma versão da picape, mas sim um novo modelo que agrega características de uma picape cabine dupla e de um utilitário esportivo. Isso se deve, principalmente, ao emprego da suspensão e do conjunto mecânico do Pajero Sport.