Ford Pinto

O modelo foi produzido nos Estados Unidos entre 1971 e 1980. O Ford Pinto foi um dos carros mais vendidos durante os seus anos de produção e chegou a fazer sucesso no Canadá também. Nos EUA, pinto é uma raça de cavalos.

Mazda Laputa

Não precisa nem explicar a piada. A SUV da marca japonesa foi produzida entre 1999 e 2006. Em 2001, o carro passou por algumas alterações, mas o nome permaneceu. O carro nem chegou a passar pelo Brasil.

Chana

O problema aqui não é um modelo específico, mas marca. A chinesa Chana precisou mudar de nova – hoje se chama Chanagan – para entrar em alguns mercados, como o brasileiro.

Kia Picanto

Assim como os anteriores, dispensa explicação e rende umas boas risadas. Lançado por aqui em 2007, o carro tem esse nome no mundo todo, menos na Europa, onde se chama Morning (manhã). 

Citröen Picasso

Claro que a homenagem da marca francesa é ao artista Pablo Picasso, mas por aqui nem todo mundo levou na esportiva e o modelo ainda é piada. 

Mitsubishi Pajero

Um dos carros de maior sucesso da marca japonesa por aqui tem em seu nome um palavrão. Mas só no Chile. Em uma tradução bem simples, Pajero é uma gíria relacionada ao ato de masturbação. 

Kia Besta

A van fez sucesso por aqui entre as décadas de 1990 e 2000. O nome chegou a causar um pouco de polêmicas, mas as vendas do modelo dissipara esse ‘pequeno’ mal entendido.

Kandi Coco

Espécie de Smart chinês, o Kandi Coco nunca chegou por aqui, mas o nome é piadas nas redes sociais e nos sites especializados em automóveis.

AMC Gremlin

O Gremlin é um hatchback familiar compacto da American Motors Corporation. O carro foi produzido durante 1970 e 1978.

Cadillac Cimarron

Primo do Monza, não dá para não pensar num bom e velho chimarrão. Se tivesse sido lançado por aqui, o modelo seria, assim como o Kadett, chamado de carro de gaúcho.

Paraná Online no Facebook