Começa nesta segunda-feira (4) a Semana do Sesquicentenário do Arquivo Público. A abertura oficial das comemorações será feita às 9 horas, pela secretária da Administração e da Previdência (Seap), Maria Marta Lurnardon.

Até quinta-feira (7), data de aniversário do Arquivo, ocorrerão palestras, debates, inaugurações, exposições e lançamentos, com a presença de especialistas de todo o país, de Portugal e de autoridades estaduais. Os eventos serão realizados na sede da instituição (Rua dos Funcionários, 1796, Curitiba). A programação está disponível no site www.pr.gov.br/arquivopublico.

Logo depois da solenidade de abertura, haverá uma conferência com o diretor do Arquivo Nacional, Jaime Antunes ? que também preside o Conselho Nacional de Arquivos (Conarq). Ele vai falar sobre o tema ?O Arquivo Nacional e a realidade arquivística brasileira?.

Cartão

Ainda no primeiro dia de comemorações, serão lançados um cartão telefônico alusivo aos 150 anos do Arquivo Público e a segunda edição do Manual de Escrita Oficial. E será aberta a exposição ?Arquivo ? 150 anos?, com a mostra de parte do acerto da instituição.

O segundo dia é voltado ao tema central ?A função do arquivista e o acesso à informação?. Um dos palestrantes será o professor doutor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Armando Malheiro da Silva.

Para o dia 7, estão marcados a inauguração da Biblioteca Professora Doutora Cecília Westphalen (historiadora paranaense morta no ano passado) e o lançamento de uma câmara técnica de gestão documental, da Escola de Governo do Paraná que, como o Departamento de Arquivo Público (Deap), também é vinculada à Secretaria da Administração.

Três quilômetros de extensão

O Arquivo Público do Paraná guarda documentos públicos datados desde o século XVIII que, enfileirados, somam mais de três quilômetros de extensão (a unidade medida dos arquivistas não é o número de documentos, mas sim a extensão linear deles). São memorandos, decretos, portarias, resoluções, ofícios, atas, fichas cadastrais de servidores, carteiras de motoristas, registros de matrículas na rede estadual de ensino, entre outros papéis gerados diariamente pelo Estado.

Mais 2.457 rolos de filmes, correspondências, livros com registros de imigrantes que desembarcaram no Porto de Paranaguá entre os anos 1876 e 1879, e entre 1885 e 1889, compõem o acervo. Sem contar os arquivos da extinta Delegacia de Ordem Política e Social (Dops) – registros de presos e torturados durante o regime militar (1964 a 1984); de investigação, vigilância e controle da vida de pessoas, na década de 1920; e de imigrantes suspeitos de propagarem movimentos revolucionários no século passado, entre outras informações. Parte desse acervo estará em exposição na Semana do Sesquicentenário.

A programação completa das comemorações dos 150 anos do Arquivo
Público do Paraná e a história da instituição estão no site
www.pr.gov.br/arquivopublico.

O Arquivo fica na Rua dos Funcionários, 1796, Cabral, Curitiba. Telefone (41) 352-2299.