Yoko Ono recorda o 62.º aniversário
de John Lennon.

Para recordar o que teria sido o 62o aniversário de seu companheiro John Lennon, assassinado em dezembro de 1980, Yoko Ono instituiu um novo prêmio para a paz, dividido por um artista israelense e outro palestino. A entrega do “LennonOno Grant for Peace” foi realizada dia 9 na sede das Nações Unidas em Nova York, com a presença de 300 diplomatas e do secretário-geral da ONU, Kofi Annan. O prêmio, dedicado a todos os que “imaginam e sonham com um mundo que viva em paz”, é de US$ 50 mil, e foi concedido aos artistas Zvi Goldstein e Khalil Rabah. Goldstein, que vive em Jerusalém, aceitou o prêmio “em memória a todos os que morreram no conflito israelense-palestino”.