Jorge Rodrigues Jorge/Carta Z Natriz030806.jpgotícias
Marisol:?O trabalho é mais importante?.

Mudança e trabalho são palavras bastante recorrentes no ?dicionário? pessoal de Marisol Ribeiro. Este ano, por exemplo, a paulistana de 22 anos trocou a Globo pelo SBT para viver a malvada Marión em Cristal. Por conta disso, deixou para trás o Rio de Janeiro e voltou à cidade natal, São Paulo. A reviravolta, porém, é encarada com naturalidade pela atriz. Afinal, como a própria Marisol justifica, ela quer trabalhar. Exatamente por isso, aceitou a proposta da emissora de Sílvio Santos. Na Globo, a atriz não ganhou novo papel depois de América – quando interpretou a ?atirada? Kerry. Cotada para viver a protagonista da atual temporada de Malhação, ela viu o papel ser preenchido por Luiza Valdetaro logo após fazer um ensaio fotográfico para a revista Sexy. ?Nunca houve um posicionamento da oficial da produção da novela dizendo que não fui escalada por causa das fotos?, escapole a atriz.

Independentemente do rumo que sua vida tomou, Marisol afirma que não sentiu qualquer incômodo com a polêmica. Para ela, aliás, seria uma grande hipocrisia a Globo excluí-la do papel por isso. ?Muitas atrizes que passaram por Malhação já posaram nuas. É um trabalho como outro qualquer?, simplifica. Na verdade, o que a seduziu para voltar a trabalhar no SBT foi o perfil de Marión. A personagem de Cristal é a primeira vilã vivida por ela.

Na trama, Marión é uma bela moça que pertence a uma família tradicional e é noiva de João Pedro – rapaz mulherengo e ?festeiro? vivido por Dado Dolabella. Fútil, egoísta e desequilibrada emocionalmente, ela mantém um caso ?às escondidas? com Gustavo, personagem de Alexandre Barillari, e acaba grávida dele. Não satisfeita, passa a maltratar a protagonista Cristina – interpretada por Bianca Castanho – quando descobre os sentimentos do noivo por ela. ?É uma personagem difícil e complexa. Uma menina inescrupulosa, que toma atitudes más e, ao mesmo tempo, não tem a menor idéia das conseqüências de suas ações?, resume.

Além de Marión ser sua primeira vilã, a personagem de Cristal marca também o retorno de Marisol Ribeiro à emissora onde iniciou a carreira. Em 2001, a atriz foi escolhida para ser uma das apresentadoras do programa infantil Disney Cruj. Um ano no comando da produção foi o suficiente para que ela fosse escalada para viver sua primeira personagem em telenovelas, a Alessandra de Marisol – trama mexicana de Inés Rodena, adaptada por Henrique Zambelli e exibida pelo SBT em 2002. ?Esse negócio de Globo, SBT ou Record é muito relativo. O trabalho é mais importante do que a fama. Como atriz, quero fazer bons papéis e fazê-los bem?, avalia.

Apesar de pequeno, o papel de estréia rendeu à atriz seu primeiro trabalho na Globo. No início de 2003, Marisol fez uma participação de duas semanas em Malhação, como a Tininha. A ?ponta?, no entanto, não rendeu muito tempo. Sem papéis para interpretar, a atriz seguiu sua vida acadêmica. Em dezembro de 2004, decidiu ir para a Argentina estudar. Lá, morou com uma amiga e cursou cinema na Universidad Del Cine. Seis meses depois, Marisol ainda estava na Argentina quando recebeu do diretor Jayme Monjardim um convite para fazer teste para o elenco de América. Persistente, trancou o curso e retornou ao Brasil para tentar a vaga. ?O reconhecimento vem aos poucos, com o tempo, com papéis legais, com novelas bacanas. Mas me sinto privilegiada por algumas pessoas já reconhecerem meu trabalho?, valoriza.

Vocação precoce

Marisol tinha apenas nove anos quando sua mãe, a atriz Maria Ribeiro, decidiu increvê-la em cursos de teatro e em agências de modelos. A beleza da moça logo atraiu trabalhos em comerciais para tevê e peças publicitárias. Embora promissor, não foi fácil para a atriz arrumar um trabalho estável. Tanto que sua trajetória televisiva só engrenou alguns anos depois. Aos 16, o SBT contratou Marisol para viver a Maya – uma das apresentadoras do infantil Disney Cruj.

Embora modesta ao falar, as experiências que a atriz acumula desde a infância revelam nela um lado ?camaleônico?. A paulistana, que cresceu na pequena Taubaté – cidade do interior de São Paulo -, já trabalhou como modelo, apresentadora de programa infantil e até dubladora de longas-metragens e desenhos animados. Como atriz, Marisol está em sua terceira novela na tevê. ?Costumo dizer que vim crescendo como atriz. Em cada trabalho aprendi um pouco. Não saberia dizer um trabalho que me deixou pronta. Não me vejo pronta ainda?, confessa.

* Cristal – SBT, de segunda a sábado, às 19h.