enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Uma atriz em construção

  • Por Jornalista Externo
Letícia quer seguir
o sonho de ser atriz.

Letícia Colin aprendeu cedo que a carreira artística exige sacrifícios. Para seguir o sonho de ser atriz, ela teve de deixar o pai e o irmão caçula em Santo André, no ABC Paulista, e se mudar com a mãe para o Rio de Janeiro. Aos 12 anos, precisou se adaptar a uma nova escola, assumiu novas responsabilidades e se acostumou a abrir mão de boa parte dos programas típicos da adolescência. Mas não se arrepende. Afinal, Letícia interpreta há quase um ano a geniosa Kailani, de “Malhação”.

A personagem é filha do ex-surfista César, vivido por Kadu Moliterno, e segue os passos do pai no esporte. “Nisso, somos muito parecidas. Pratico esportes desde pequena”, conta a atriz, agora com 13 anos completos. De fato, Letícia já fez de tudo um pouco. Incentivada pelos pais, que são professores de Educação Física, ela praticou vôlei, basquete, tênis, hipismo, balé, tae kwondo e ginástica olímpica. Mas o surfe veio mesmo a reboque de “Malhação”. Assim que soube que sua personagem se dedicaria ao esporte, Letícia seguiu o conselho de Kadu e procurou uma escolinha de surfe. “Fui para aprender o básico e acabei gostando. Já participei até de um campeonato!”, enfatiza, referindo-se ao Petrobras Surfe Feminino.

Mas Letícia nem sempre pode ficar na praia, à espera das melhores ondas. Afinal, ela concilia as gravações com a escola, onde cursa a 7.ª série. Para manter as boas notas de que sempre se orgulhou, a atriz procura ter disciplina e organiza seus horários. Adianta os trabalhos de casa nas horas de folga e, muitas vezes, abre mão de sair com as amigas e ver televisão. “Sei que preciso me dedicar muito para realizar meu sonho de ser atriz. A experiência dos últimos anos me ensinou isso”, explica, com surpreendente maturidade. A experiência de que fala Letícia foi uma conquista gradual. Graças ao seu jeito tagarela de ser, ganhou logo da família o apoio para seguir a carreira dos sonhos. Aos nove anos, a menina fazia os primeiros comerciais. Aos 10, foi aprovada num teste para “Sandy & Júnior”. Durante dois anos, integrou o elenco do seriado e conheceu de perto a dupla de cantores. Mas ficou de fora da reformulação do programa, na temporada de 2002, quando as gravações mudaram de Campinas para o Rio. Como não queria se “aposentar” tão cedo, mandou uma “fita-book” para a Globo. Três meses depois, era chamada para “Malhação”. “Foi no susto. Me telefonaram num dia para estar lá no outro e logo começar a gravar. Nem fiz teste”, valoriza.

Como Letícia não podia viver sozinha numa cidade desconhecida, o jeito foi a família se dividir. A mãe seguiu com ela, enquanto o pai ficou em Santo André com o irmão caçula. Determinada a seguir carreira, ela quer continuar morando no Rio. A única incerteza é seu contrato com a Globo, que vence em abril, quando se inicia a nova temporada de “Malhação”. “Ainda não sei se vou ficar no elenco. Mas gostaria muito, porque é uma oportunidade maravilhosa para aprender e crescer na profissão”, analisa a jovem, sem conter uma ponta de ansiedade.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas