A cidade virou um palco
animado por artistas.

Nem a forte chuva intermitente apagou o brilho do show da Educação, na abertura da primeira etapa do Fera-1.º Festival de Arte da Rede Estudantil anteontem, na Praça do Rocio. O evento mobilizou cerca de três mil pessoas, entre professores, alunos e comunidade, que assistiram a performances de artistas circenses, atores, comediantes e dançarinos. A banda Brasil Canção ao Pé da Letra encerrou a noite com um show de politizarão em poesia, com histórias da política brasileira intercaladas com músicas de cada época citada.

A abertura contou com a presença do secretário de Estado da Educação, Maurício Requião, e autoridades como o bispo de Paranaguá, dom Alfredo Novak, o presidente do Instituto Ambiental do Paraná, Rasca Rodrigues, a diretora artística do Teatro Guaíra, Nena Inove, entre outras personalidades.

O ritmo e a chuva continuaram no primeiro dia de atividades. Quatro palcos tiveram apresentações simultâneas de profissionais e alunos de coral, dança, teatro e música. No palco principal, o coral Asa Branca abriu as atividades da manhã, que depois, intercaladas pelas apresentações dos alunos de Curitiba e das áreas metropolitanas Norte e Sul, União da Vitória e Paranaguá, fecharam com o balé Quebra Nozes. Na parte da tarde, o grande espetáculo profissional aconteceu no palco de teatro, com a Cia. de Teatro Abração. Ao final do dia, 130 espetáculos foram apresentados nos palcos de música, dança, teatro e coral. O grande show de profissionais, ontem à noite, foi comandado pela banda Los Cuervos.

Para o secretário Maurício Requião, o Fera é mais um estímulo que o governo do Estado oferece ao aluno. “Esse projeto fará com que os estudantes permaneçam mais tempo na escola desenvolvendo atividades ligadas a arte e a cultura, fazendo com que grandes talentos sejam revelados e que o tempo e o espaço escolar sejam valorizados”, afirmou Maurício.

Esta é a primeira etapa do Fera, que termina no dia 13. Paranaguá é a cidade-sede da região Leste. O show prosseguirá com mais sete etapas em diversas regiões do Estado. A segunda etapa será em Cascavel, cidade-sede da região Sudoeste e Oeste, de 21 a 26 de julho.

Em Paranaguá, uma intensa programação envolverá os alunos durante os próximos cinco dias com o desenvolvimento de vários projetos de artes, vídeo, músicas, fotografias e outras diversas atrações. O Festival de Arte da Rede Estudantil é uma promoção da Secretaria de Estado da Educação, em parceria com o Banco Itaú, Detran, Itaipu e Provopar.

Programação

No sábado de manhã, das 8h às 9h, a banda Maria Faceira abre as apresentações no palco principal. Às 10h30 entra em cena o grupo de Dança Moderna Centro Artes, no palco de dança. Tanto nesses dois palcos como nos de teatro e música, diferentes apresentações estudantis estarão acontecendo durante o dia. A programação da tarde será encerrada com o grupo de teatro Mamulengo de Bonifrates, das 17h às 18h. Em seguida show MPB Guego no palco de dança. Confira toda a programação no site da educação: www.diaadiaeducacao.pr.gov.br e nos links alunos, escolas ou comunidade.