Os 75 anos de vida e 55 anos de trajetória artística do trombonista carioca Raul de Souza serão comemorados hoje e amanhã, às 21h, no Teatro Paiol. O artista, que viveu em Curitiba de 1958 a 1963, servindo e tocando na banda da Força Aérea Brasileira, irá apresentar canções de seus dois últimos CDs, Jazzmim (lançado em 2006) e Bossa eterna (de 2008). Além disso, irá mostrar ao público algumas composições inéditas, que devem fazer parte de seu novo álbum, cujo lançamento está previsto para 2010.

“O novo CD ainda não tem nome definido, embora eu já tenha algumas ideias na cabeça. Ele deve ter dez músicas, sendo que cinco já foram gravadas”, conta Raul. “Escolhi Curitiba para meu show de aniversário porque é minha segunda cidade. Tenho três filhos, quatro netos e grandes amigos na capital paranaense”.

Na programação do show, também estão incluídas as músicas Tema para Raul e 7 Maluco, de Mário Conde; Nos conformes, de Glauco Sölter; St. Remy, de George Duke; e Piano na mangueira, de Tom Jobim. Entre as composições próprias de Raul, destacam-se Violão quebrado, Yolaine e Sweet Lucy.

O espetáculo irá contar com a participação dos instrumentistas curitibanos Glauco Sölter (baixo), Endrigo Bettega (bateria), Mário Conde (guitarra) e Jeff Sabbag (teclados), que já acompanharam o trombonista em turnês internacionais e participaram da gravação de Jazzmim.

O Teatro Paiol fica na Praça Guido Viaro, no bairro Prado Velho. Ingressos a R$ 20,00.