Danilo Avelleda em Diário de um Louco.

Retorna hoje a cartaz o monólogo Diário de um Louco, encenada em espanhol por Danilo Avelleda, inaugurando a Casa de Teatro Edson D?Ávila. O homenageado, falecido há dois anos, formou com Lala Schneider, Armando Maranhão, Odelair Rodrigues, Roberto Menguini e o próprio Avelleda um capítulo da história da cena curitibana.

O novo espaço é uma iniciativa do ator João Luiz Fiani, diretor e produtor do Teatro Lala Schneider e da Cia. Máscaras de Teatro. Ele decidiu criar a Casa de Teatro Edson D?Ávila para dar espaço e possibilidades para novas companhias apresentarem espetáculos alternativos que busquem novas linguagens e tentem renovar a encenação no Estado. E também oferecerá diversos cursos de iniciação e especialização teatral, além de um pequeno auditório com capacidade para 50 pessoas.

Diário de um Louco, de Gogol, teve sua estréia no Guaíra, numa temporada de sucesso e em comemoração aos 40 anos de palcos de Danilo Avelleda. A direção é de Sílvia Monteiro.

***

A Casa de Teatro Edson D?Ávila fica na Duque de Caxias, 76, telefone 3019-0960. Em cartaz aos sábados às 21h e aos domingos às 19h. Ingressos a dez reais.