O ex-jogador Ronaldo Nazário, o Ronaldinho, é a prova viva de que tatuagem em homenagem à namorada/namorado não é um bom negócio. Depois de dez anos o ex-craque cobriu uma tatuagem feita para a lindíssima da Daniela Cicarelli. A tattoo tinha as iniciais da gata.

Ele tinha tentado mudar o desenho anteriormente, mas achou melhor cobrir de vez. O pulso do jogador agora abriga este desenho: