Oxford vende edição original de Shakespeare

Uma edição original das obras de William Shakespeare, impressa em 1623, foi vendida por cinco milhões de euros pelo Oriel College da Universidade de Oxford, para pagar elevadas dívidas do centro de ensino. O livro, que durante dois séculos esteve na biblioteca da faculdade inglesa, foi comprado pelo filantropo Paul Getty, que se comprometeu a conservá-lo em sua biblioteca de Wormsley Lodge, Oxfordshire.

Especialistas consideram o exemplar de grande valor literário e histórico, por ser uma das poucas obras com a versão original das peças de Shakespeare. O único sinal de deterioração do volume de quase 400 anos é a falta de duas páginas. O livro foi impresso em 1623, apenas oito anos depois da morte do famoso dramaturgo.

Oxford vende edição original de Shakespeare

Uma edição original das obras de William Shakespeare, impressa em 1623, foi vendida por cinco milhões de euros pelo Oriel College da Universidade de Oxford, para pagar elevadas dívidas do centro de ensino. O livro, que durante dois séculos esteve na biblioteca da faculdade inglesa, foi comprado pelo filantropo Paul Getty, que se comprometeu a conservá-lo em sua biblioteca de Wormsley Lodge, Oxfordshire.

Especialistas consideram o exemplar de grande valor literário e histórico, por ser uma das poucas obras com a versão original das peças de Shakespeare. O único sinal de deterioração do volume de quase 400 anos é a falta de duas páginas. O livro foi impresso em 1623, apenas oito anos depois da morte do famoso dramaturgo.