Viola Quebrada interpreta música caipira.

O projeto Música nos Parques, iniciativa da Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Curitiba, inclui as atrações do mês de janeiro na programação da 25.ª Oficina de Música. Hoje, o Bosque da Fazendinha serve de cenário para a apresentação do Quarteto de Violões da Embap, às 11h, e para o show Noites do sertão, do grupo Viola Quebrada, às 16h. Os espetáculos têm entrada franca.

O Quarteto de Violões da Embap, criado em 2004, já participou de importantes concertos e festivais, como o MusicAção e o Fera, com excelente acolhimento da crítica especializada e do público. Formado por estudantes da Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap), sob orientação dos professores Luis Cláudio Ferreira e Orlando Fraga, os jovens instrumentistas Adailton Pupia, Danilo Bogo, Fábio Lima e Marcelo Ijaille executam um repertório de obras originais para quarteto de violões.

No repertório do quarteto estão transcrições de músicas consagradas e composições próprias, como O reino dos devas, de Adailton Pupia, que traçam um panorama eclético da música mundial e de novos compositores.

Delicadeza musical

Formado por Oswaldo Rios (voz e violão), Margareth Makiolke (voz e violão), Rogério Gulin (viola caipira) e Rubens Pires (sanfona), o Viola Quebrada nasceu no final de 1997 com o propósito de resgatar e interpretar a autêntica música caipira. O grupo reúne em seu repertório composições de Tonico e Tinoco, Luiz Carlos Paraná, Teddy Vieira, Tião Carreiro, Nhô Belarmino, Renato Teixeira, entre outros.

O grupo consegue uma delicadeza musical que ressalta a simplicidade dessas canções. O Viola Quebrada expõe a alma do homem sertanejo com um toque urbano, não por meio de guitarras, mas pela harmonia de diferentes tendências e experiências, resultado da união dos músicos. A proposta é mostrar um trabalho no qual a alegria e a descontração do povo brasileiro estão presentes o tempo todo.

O projeto

O projeto Música nos Parques leva grupos musicais locais para apresentações nos parques da cidade, com entrada franca. Os shows acontecem até março, nos Parques Barigüi, São Lourenço, Tingüi, Tanguá, Iguaçu, Passeio Público, Bosque do Papa e Bosque da Fazendinha. O projeto é financiado pelo Fundo Municipal da Cultura e selecionou os grupos por meio de edital.

Serviço:

25.ª Oficina de Música de Curitiba. Projeto Música nos Parques no Bosque da Fazendinha, hoje, às 11h, Quarteto de Violões da Embap. Às 16h Show Noites do sertão com o grupo Viola Quebrada. Entrada franca.