enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Lição de (primeiro) amor

  • Por Jornalista Externo


Pedro Paulo Figueiredo
tv11.jpg

Fany Georguleas: ?Quando vi o elenco reunido, nem acreditei…?.

O braço de Fany Georguleas já deve estar roxo de tanto ela se beliscar. Quase um mês depois de sua estréia na nova temporada de Malhação, a bela paulistana de 17 anos ainda não acredita que foi escolhida para interpretar a "nerd" Kitty. Há pouco mais de dois meses, ela não perdia um capítulo sequer do "folheteen" da Globo. Como qualquer adolescente de sua idade, se deliciava com as aventuras e desventuras amorosas de Gustavo, Letícia & cia. Hoje, não cabe em si de alegria por contracenar com os atores Guilherme Berenguer, Juliana Didone e tantos outros. "Quando vi o elenco reunido no Gigabyte, nem acreditei. Parecia um sonho", derrama-se ela, visivelmente deslumbrada com sua estréia na tevê.

A alegria da novata ficou ainda mais evidente quando ela descobriu que mora no mesmo "flat" que boa parte do elenco de Malhação. Quase todos os dias, ela desce ou sobe no elevador com Marjorie Estiano, Joana Balaguer e Fernanda Vasconcellos, que interpretam, respectivamente, a Natasha, a Jaque e a Betina. "Toda semana tem festa no apê de um ator diferente. Cada um leva uma coisinha e todo mundo se diverte", confidencia. O clima de coleguismo, aliás, ajudou Fany a superar a saudade de casa, do avô e do namorado, o também ator Rodrigo Dourado. No início, ela conta que cansou de dormir abraçada ao travesseiro. Aos prantos. "É tudo muito novo para mim. Aqui no Rio, não conheço ninguém", choraminga ela, que divide o apartamento com a mãe, dona Vitória.

Convite

Apesar da saudade de casa e dos amigos, Fany sabe que seria uma loucura desperdiçar uma oportunidade dessas. Mesmo porque, ressalva, não foi a primeira vez. Em outubro do ano passado, ela já tinha sido convidada para fazer testes no Rio para Malhação. Como a seleção da Globo coincidiu com a de outra emissora, ela optou pela concorrente. "Tinha medo de não passar para Malhação", confessa. Mesmo assim, o pessoal da Globo tornou a ligar para reiterar o convite. Dessa vez, porém, ela não titubeou e pegou o primeiro avião para o Rio. Pena que o teste, segundo ela, tenha sido… "horrível". "Saí arrasada da sala do Ricardo Waddington!", dramatiza.

Na nova temporada de Malhação, Fany interpreta Kitty, uma autêntica "nerd" que vive o dilema de ser "B.V.", abreviatura de "boca virgem". Na república, o fato de ela nunca ter beijado ninguém já atiçou a libido de dois rapazes, Marcão e Rafa, personagens de José Loretto e Ícaro Silva. "Todo mundo já passou por isso. Se não passou, ainda vai passar. Ninguém nasce sabendo…", ressalta. Ela própria, diverte-se, já viveu dilema parecido aos 14 anos. "Eu via os filmes na tevê e ficava treinando em copos e laranjas", recorda, entre risos. O tão esperado primeiro beijo veio numa festa do colégio, com um amigo de turma. "Digamos que não foi bem aquilo que eu imaginei. Mas o segundo e o terceiro foram bem melhores", conforma-se.

Vestibular

Por essas e outras, Fany acredita que vai ser alvo da "zoação" dos colegas de turma. Estudante do 3.º ano colegial, ela sonha em prestar vestibular para Cinema na FAAP, de São Paulo. Mas, ressalva, só daqui a alguns anos. "Minhas atenções agora estão voltadas para Malhação. Quero aprender o máximo que puder. Caso contrário, sei que não terei outra chance no futuro", admite. Longe da ficção, Fany reconhece que não é tão "C.D.F." quanto a sua personagem. "Sou daquelas que tiram nota suficiente para passar", exemplifica, sob o olhar reprovador da mãe.

Filha de um grego com uma portuguesa, Fany optou por simplificar o complicado Stephanie Georguleas na hora de escolher um nome artístico. "Minha avó nunca conseguiu pronunciar meu nome direito. Daí, todo mundo lá em casa só me chamava de Fany", explica. Quanto ao futuro profissional, ela também não quer saber de complicações. Se for preciso, fica até dois ou três anos em Malhação. "Não penso em sair amanhã de Malhação e cair logo numa novela das oito. Eu quero passar por todas as etapas a que eu tiver direito. O importante é sair de lá sabendo", ambiciona, categórica.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas