O ano certamente foi muito bom para ele, que aos poucos foi deixando evidente a forma com que ganhou espaço no país. Jão é seu nome. Em Curitiba, em novembro, fez dois shows completamente esgotados e, para fechar o ano, chega com um clipe de uma nova música de trabalho. Me Beija com Raiva foi composta, segundo o cantor, por conta de uma decepção amorosa.

A nova música de trabalho fala sobre o amor e como não há possibilidade de controlar este sentimento. Em entrevista à revista GQ Brasil, o cantor contou abertamente sobre algo que até então era dúvida entre seus fãs: a homossexualidade. “Escrevi essa música para um cara que fodeu meu coração”, disse.

Viu essa? Dupla Simone e Simaria só deve voltar aos palcos no Carnaval

Segundo Jão, a importância de falar sobre isso é grande, simplesmente pelo fato de mostrar às pessoas que isso é comum. “É legal que as pessoas saibam disso, que foi feito para um cara e que isso é uma coisa tão normal como qualquer outra que exista no mundo. Afinal, não deixa de ser sobre a raiva que eu sentia de mim por estar ali naquela situação, algo que todo mundo pode se identificar”.

Há um ano, Jão lançava suas duas primeiras músicas, Álcool e Ressaca, que logo caíram no gosto do público e hoje em dia têm, juntas, quase 10 milhões de visualizações no YouTube. Depois, já em janeiro de 2018, o cantor lançou outra música, que veio para firmar ainda mais seu começo de carreira e ganhou ainda mais fãs. O single, Imaturo, já tem mais de 20 milhões de players no YouTube e é a música mais conhecida de Jão, que atualmente trabalha com outra nova canção, Vou Morrer Sozinho, que segue o mesmo rumo dos hits anteriores.

Falando em YouTube, Jão se aproxima e muito de grandes nomes já consagrados da música brasileira. Aos poucos ele cresce mais e é no Spotify que a consagração vem em maior representação: são mais de um milhão de ouvintes mensais, número que pode ser comparado a nomes como Sandy e até mesmo Luan Santana, que tem um pouco mais (cerca de 3 milhões). Na lista de ouvintes mensais, Curitiba passou de quarto lugar para terceiro lugar entre as cidades que mais ouvem o trabalho de Jão.

Fechando o ano

Foto: Lucas Sarzi.
Foto: Lucas Sarzi.

O lançamento do novo clipe veio para coroar o ano em que Jão definitivamente aconteceu: conquistou as paradas e, junto disso, manteve uma legião de fãs que só aumenta. Tudo isso veio com o lançamento de seu primeiro álbum, Lobos, o que demonstra que o cantor pode ser ainda maior. Segundo ele, também em entrevista à revista GQ, encerrar o ano com o clipe de Me Beija com Raiva é também uma conquista. “Tudo antes parecia um ensaio e neste ano tive oportunidade de fazer as coisas do meu jeito e colher os frutos disso. Encerro com Me Beija Com Raiva porque é a musica que mais me representa como artista, como cantor. Apesar da ‘sofrência’, minhas últimas músicas eram mais irônicas. Agora é mais sério e mais intenso”.

Em novembro, quando esteve em Curitiba, o cantor conversou com a Tribuna do Paraná e atribuiu esse sucesso repentino ao o trabalho árduo e bem feito. “Atribuo a muitas coisas, mas a gente se dedica muito a isso, eu e todo o pessoal que trabalha comigo. Além disso, também respiro e vivo música todos os dias, então, quando vou fazer minhas músicas, é tudo muito cru, é minha verdade que está ali. Acho que as pessoas percebem, compram a ideia, se identificam”, definiu.

Desde o começo, Jão disse buscar ser o mais objetivo possível e também verdadeiro, mantendo sua essência. “Tento falar de tudo de uma maneira muito clara e muito minha, mesmo. As pessoas se identificam demais e a gente tem criado uma sintonia muito fantástica”. Assista abaixo ao clipe da nova música do Jão:

Dupla Simone e Simaria só deve voltar aos palcos no Carnaval