O indiano Viswanathan Anand, atual campeão mundial de xadrez, e o israelense Boris Gelfand, disputarão o título deste ano em morte súbita, após concluir nesta segunda-feira com um empate as 12 partidas regulamentares da final da competição, realizada em Moscou.

A morte súbita vai ser disputada nesta quarta-feira, consistindo em quatro partidas de 25min, com 10s para cada movimento. Em caso de empate, serão disputadas duas “blitz” de cinco minutos, com três segundos por movimento. Se não houver vencedor, mais duas “blitz” são realizadas.

O último desempate para determinar o campeão mundial seriam as partidas conhecidas como “Armageddon”, com o jogador que tem as peças brancas tendo 5min e o que tem as negras, 4min. Caso não haja vencedor, o que estiver com as negras é declarado campeão.

Anand, que defende o título pela terceira vez, era considerado o principal favorito antes do torneio, disputado pela primeira vez na capital russa, desde a histórica final entre Gary Kasparov e Anatoli Karpov, em 1985, quando o primeiro venceu pela primeira vez o compatriota.