Novo titular do Corinthians, Walter relevou nesta sexta-feira como foi a conversa com Tite ao assumir o posto que então pertencia a Cássio. “Pegou de surpresa”, admitiu o goleiro, que esperou três anos para assumir a vaga. “Ele foi honesto e sincero e disse que eu, a partir de agora, teria uma sequência de jogos. Fiquei muito feliz.”

Walter disse que sua relação com Cássio é boa e que os problemas internos entre o ex-titular e o preparador de goleiros Mauri foram superados. Cássio fichou chateado com o preparador, que não lhe avisou que poderia perder a posição.

A mudança foi decidida por Tite logo após a estreia do time no Brasileirão. Cássio, que vinha fazendo uma temporada irregular, foi liberado do jogo contra o Grêmio após o falecimento de sua avó. Na sequência, perdeu a posição.

Walter, no clube desde 2013, espera agarrar sua chance no time, mas afirmou que é preciso trabalho redobrado para se manter como titular. “Joguei em times pequenos e não é fácil entrar em time que o Cássio é ídolo. Tem de estar em alto nível todos os dias porque caso o contrário você perde a posição.”

O Corinthians enfrenta neste sábado o Coritiba, às 20h30, no Itaquerão. Walter está confirmado no gol, mas o técnico Tite fará algumas mudanças no time. Alguns titulares apresentam desgaste físico devido à maratona de jogos. Vilson, por exemplo, não foi relacionado para o jogo.